Setembro Amarelo – Mês da prevenção ao suicídio

Setembro Amarelo
Mês da prevenção ao Suicídio

As razões podem ser bem diferentes, porém muito mais gente do que se imagina já teve uma intenção muito triste em comum.

Escrito por Thiago Andrade

Criado em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), o Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio em 10 de setembro. A cor amarela foi escolhida por representar o sentido de atenção perante a causa.

O suicídio é considerado um problema de saúde pública, pois mata 1 brasileiro a cada 45 minutos e 1 pessoa a cada 45 segundos em todo o mundo. Pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Pelo menos o triplo de pessoas tentaram tirar a própria vida e outras chegaram a pensar em suicídio.  

Segundo estudo realizado pela Unicamp, 17% dos brasileiros, em algum momento, pensaram seriamente em dar um fim à própria vida e, desses, 4,8% chegaram a elaborar um plano para isso. Em muitos casos, é possível evitar que esses pensamentos suicidas se tornem realidade.

PREVENÇÃO, essa é a primeira medida a ser tomada, por meio da educação sobre o assunto. A campanha Setembro Amarelo chegou para quebrar tabus, pois durante muito tempo as pessoas tinham medo de falar sobre o assunto. Com o sucesso da campanha, esta barreira foi derrubada possibilitando acesso a recursos de prevenção.

Não há como buscar ajuda, ou ajudar, se a pessoa não souber o que a outra está passando no momento em que está predisposta ao suicídio. Por isso a campanha vem para ajudar a identificar os sinais com responsabilidade, de forma adequada e alinhada ao que recomendam as autoridades de saúde, para que o objetivo de prevenção seja realmente eficaz.

“HÁ ALGO QUE EU POSSA FAZER PARA TE AJUDAR?
Todos podemos fazer esta pergunta

Com o objetivo de apoiar a causa Setembro Amarelo, separamos algumas sugestões de ações de conscientização para trabalhar com os colaboradores da sua empresa. 

Decoração

Decorar a empresa pode ser uma boa opção para colocar o tema em discussão nas rodas de conversa.  Você pode colocar balões amarelos nas salas e áreas em comum, decorar os quadros murais com a cor, colocar cartazes e faixas. Distribua laços amarelos aos colaboradores, para que usem junto do crachá ou na roupa durante o mês.

Se grande parte de seus colaboradores estão em casa, eles podem levar a decoração para a mesa de trabalho do home office, e compartilhar as fotos das decorações em sua intranet.

Na intranet, publique artigos que tragam a conscientização sobre o tema, banners, dê destaque às cores amarelas. Clientes MMCafé podem customizar as cores da sua intranet e deixá-la atrativa para o tema.

Palestra Online

Uma das melhores formas de debater o tema com os colaboradores é promovendo um evento e convidando algum profissional da área da saúde mental para falar com propriedade sobre o assunto. 

Dessa forma você garante que as informações repassadas estão corretas e ao mesmo tempo os funcionários podem tirar dúvidas e conhecer mais a fundo as formas de auxílio. 

Apoio Psicológico

O isolamento social trouxe mudanças marcantes de hábitos, por isso o apoio psicológico ou psiquiátrico é de extrema importância nos casos de distúrbios mentais, depressão ou predisposição ao suicídio, portanto sua empresa pode divulgar contatos de bons profissionais da área, ou proporcionar benefícios e parcerias com descontos.

Bom Relacionamento

Promover o bom relacionamento entre os colaboradores é uma ação não diretamente ligada ao Setembro Amarelo, mas que pode contribuir se somada a outras ações. A fala auxilia no entendimento dos sentimentos, na compreensão do que se passa dentro de cada um.

Apresentamos aqui algumas ações que você pode implantar em sua empresa, busque o máximo de informações que você puder e procure ajudar quem está ao seu lado.

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.

Se você precisa de ajuda ou sabe de alguém que precisa, ligue: 188 ou acesse: https://www.cvv.org.br/